25 de junho de 2017

Ironia

Fugi para o interior
Pensei que lá protegida estaria
Que lá de mim me esconderia
E o que cansei de ver não mais veria
E com sorte de mim me livraria
Mas que tolo esconderijo se mostraria
Por obra da mais fina ironia
Era exatamente ali que me encontraria


Pintura: Serge Ivanoff

Rosas Guardadas

Vou guardar a rosa
Mas, não apenas essa
Vou guardar todas
Todas as flores que já me destes
E as do tempo futuro
Fazer cama de pétalas
Deitar em aromas de memórias
Dormir, não para descansar o corpo
Sim, para minha’alma te sonhar


Pintura: Gordon Punt

14 de abril de 2017

Perfume

Hoje eu vou passar perfume
Misturar outros aromas aos cheiros meus
Aos já conhecidos por teus sentidos
Quero um olor novo e indistinto
Capaz de atravessar distâncias
E te carregar para dentro de mim







9 de abril de 2017

As penas

Em tão poucas letras pode tanto dizer
Contrição, dor, peso, castigo
Coisas que gente não gosta
E tem leveza, maciez, voo, escrita
Coisas que gente acolhe feliz
Podem ser hoje uma coisa ou outra
Amanhã pode ser diferente
Palavra miúda, tantos significados
Pena de quem se sabe só uma coisa


25 de fevereiro de 2017

Lá e cá

Tu és feito corda bamba
Mas, de um jeito diferente
Nas pontas é que me desequilibras
Nas polaridades que eu perco o passo
Equilibro mesmo é meio do teu lá e cá